quinta-feira, 6 de julho de 2017

França define data para o fim dos carros a combustão



Depois de a Volvo anunciar que vai parar de fabricar carros movidos apenas a combustão até 2019, o governo da França anunciou hoje que vai banir a venda de carros desse tipo até 2040. O anúncio, segundo o Guardian, foi feito pelo governo de Emmanuel Macron como parte de um plano ambicioso para atingir as metas do acordo de clima de Paris.


Nicolas Hulot, o ministro de ecologia do país, foi quem fez o anúncio, que segundo ele representava uma "verdadeira revolução". Hulot reconheceu que seria um desafio para as montadoras, mas disse que tinha confiança de que elas "têm ideias suficientes na gaveta para conseguir atingir essa meta, que também é uma questão de saúde pública".


Isso porque a eliminação dos carros a combustão também é "uma maneira de lutar contra a poluição do ar", segundo Hulot. Pascal Canfin, o diretor da ONG WWF na França, considerou que a decisão do governo "coloca a França entre os líderes mundiais das ações contra mudanças climáticas". Por outro lado, Tony Seba, um pesquisador da indústria automotiva, considerou que o plano da França "é como proibir a venda de cavalos de transporte até 2040: já não haverá mais nenhum para se proibir".


Leia mais aqui .

Nenhum comentário:

Postar um comentário